Banda Os Karinhas - Moldura de um retrato



E o tempo passa
E a gente vê as coisas de um jeito diferente
É impossível que a magia seja a mesma eternamente

Quero te amar pra sempre
Ser de novo adolescente
Fazer planos pra nós dois

Quero morrer de ciúme
E sentir apaixonado
Rabiscando em guardanapo
Caprichando nas palavras

Pra dizer que eu te amo
Meu grande amor
E os momentos vão passando
Como as cinzas de um cigarro

Meu grande amor
E as lembranças ficam presas
Na moldura de um retrato

E o tempo passa
E o dia-a-dia vai aos poucos apagando a poesia
E o nosso fogo de paixão
De repente se transforma em água fria

Nossas vidas programadas
Nossas camas separadas
No vazio de nós dois

Vou quebrar essas vidraças
Acordar a vizinhança
Reviver nosso passado
Apostar na esperança

Pra dizer que eu te amo
Meu grande amor
E os momentos vão passando
Como as cinzas de um cigarro

Meu grande amor
E as lembranças ficam presas
Na moldura de um retrato